Suzuki Katana, um ícone!!!

Temos assistido a uma interessante evolução no que toca a modelos inspirados em motos que marcaram uma determinada época e que servem agora de inspiração para a concepção de modelos atuais. Modelos que carregam consigo a mística e o DNA dos seus antecessores e que vão de encontro às tendências de mercado no segmento das neo-clássicas.

 

A Suzuki Katana apareceu no início dos anos 80 e foi na altura totalmente revolucionária. Ainda hoje mantém atuais as suas linhas consideradas futurísticas na altura e que romperam totalmente com os standards de mercado de então.

 

Temos visto até hoje muitas versões de vários ateliers de preparação e de design que utilizaram a Suzuki Katana como base para desenvolverem novos projetos inspirados na mesma, inclusivamente para a competição de motos clássicas

Vimos também modelos de série mais recentes transformados sob o look “Katana” numa tentativa de homenagear o conceito e eventualmente sugerir à própria Suzuki uma aposta do renascimento da mesma.

 

No passado Salão EICMA em Milão assistimos inclusivamente a apresentação de um protótipo da Suzuki Katana Versão 3.0, assim apelidada pela revista italiana Motociclismo, num claro desafio à marca japonesa no sentido de afirmar de que existe mercado para uma nova Katana que possa competir com os outros modelos revivalistas lançados por marcas como a Kawasaki, a Honda e a Yamaha com as suas RSs, CBs e XSRs.

Se considerarmos que no último Salão em Milão, a Suzuki praticamente não apresentou novidades, para além de um modelo Café Racer a partir da sua SV650, é de pensar seriamente que a marca esteja preparando para o ano 2018 o lançamento de uma série de novos modelos.

 

É aguardar para ver!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *