O final da temporada de 1987 foi um dos maiores momentos da história brasileira na Fórmula 1. Naquele ano, Nelson Piquet se tornaria o primeiro piloto do país a sagrar-se tricampeão mundial da categoria máxima do esporte a motor. O feito será lembrado no próximo domingo, quando a equipe Hero Motorsports fará uma homenagem especial à conquista de Piquet: o Stock Car de Diego Nunes disputará a última etapa do campeonato, em Interlagos, usando o mesmo padrão gráfico e cores do Williams FW11B/Honda de Nelson Piquet. O Stock da Hero também terá o número 87, em menção ao ano do tricampeonato. “Se esse número me der sorte e eu vencer a prova, troco o 70, que uso há anos, pelo 87 definitivamente”, prometeu Diego Nunes. A largada da última etapa da Stock Car em 2017 acontece às 10h05, com transmissão ao vivo pela Rede Globo e Sportv.

Em 1987, o Brasil vivia uma febre pela Fórmula 1. Ayrton Senna já vencia corridas, mas seria campeão apenas no ano seguinte – dando sequência à era brasileira na categoria. Piquet chegou ao tricampeonato no GP do Japão, em Suzuka, depois de uma longa e intensa guerra psicológica com seu parceiro Nigel Mansell, o piloto preferido do corpo técnico da Williams. Diante da desvantagem dentro do box, Piquet iniciou uma estratégia solitária. Não media esforços para desestabilizar Mansell psicologicamente e também induzia a equipe a usar acertos de carro incorretos, pedindo para que os ajustes apropriados fossem feitos diretamente no grid ou instantes antes da largada. O Leão, como Mansell era chamado pelos britânicos, não aguentou a pressão. Acabou batendo forte no sábado, antes da corrida, sendo obrigado a não disputar a prova. O fato automaticamente deu o título a Piquet.

“Se a trajetória da Fórmula 1 é cheia de histórias curiosas e lendas, esse capítulo vivido pelo Piquet é um dos mais incríveis”, diz Newton Machado, da equipe Hero Motorsports. “Decidimos, então, não deixar isso passar em branco e fazer as pessoas relembrarem como foi difícil e heroica essa passagem da vida de Nelson Piquet. Foi um momento em que todo o Brasil se uniu por ele e nós tínhamos grandes heróis. É uma honra poder celebrar esse feito, que é um dos orgulhos esportivos mais marcantes do esporte a motor brasileiro”, completa Newton Machado.

Diego Nunes tinha apenas um ano de vida em 1987. “Nelson Piquet foi um dos pilotos mais completos de todos os tempos. Era veloz, inteligente, criativo e estratégico. E talvez tenha sido o melhor acertador de carros de corrida que a Fórmula 1 já viu. Às vezes eu o encontro nos autódromos. Olho e fico imaginando que aquele cara era o máximo. Um super piloto, um herói. Sempre dá vontade de ir lá e pedir uma aula”, brinca o piloto da Hero Motorsports. “Sou fã de carteirinha. E estou extremamente feliz por ter sido o escolhido para pilotar o carro que vai homenagear o tricampeonato do Piquet. Sei que o número 87 vai me dar sorte! E acho que falo em nome de todos: novamente, obrigado pelo legado e pelas histórias que você deixou para todos nós, Nelsão”. Diego é da mesma geração e também amigo pessoal do filho do tricampeão, Nelsinho Piquet, exatamente um ano mais velho que o piloto da Hero Motorsports.

A equipe Hero Motorsports terá mais uma novidade na pista: a estreia do curitibano Augusto Farfus no outro carro do time. Farfus substituirá na última etapa da temporada o português Félix da Costa – que conquistou o primeiro pódio do time na Stock Car, na etapa anterior, em Goiânia. E a equipe vem embalada: no sábado passado (2/12), conquistou a vitória na prova de endurance (resistência) da Porsche GT3 Cup Series, também realizada em Interlagos. “O astral do time é dos melhores. Vamos pra cima em busca de mais um bom resultado”, diz Diego Nunes.

Confira a programação do final de semana:

Sexta-feira, 8 de dezembro: 
9h35 às 9h45 – Shakedown (grupo 1)
9h50 às 10h – Shakedown (grupo 2)
11h às 11h30 – 1º treino (grupo 1)
11h35 às 12h05 – 1º treino (grupo 2)
14h20 às 14h50 – 2º treino (grupo 1)
14h55 às 15h25 – 2º treino (grupo 2)

Sábado, 9 de dezembro:
8h às 8h30 – 3º treino (grupo 1)
8h35 às 9h05 – 3º treino (grupo 2)
12h às 13h – Classificação

Domingo, 10 de dezembro:
8h15 às 9h15 – Visitação de boxes
10h10 – Largada corrida