• Foi da marca o primeiro 8×2 rodoviário de 15 metros comercializado no mercado; resultado garante a vice-liderança nos rodoviários em novembro.

Com 215 unidades vendidas do K 440 8×2, de novembro de 2016 a novembro de 2017, a Scania vem se sobressaindo no novo segmento de ônibus rodoviários, que permite utilizar nos modelos de chassis quatro eixos (tração 8×2),carrocerias de dois andares (DD) e 15 metros de comprimento. Do total, 93 unidades foram para o Grupo JCA, a Auto Viação Progresso, de Pernambuco, adquiriu 15 veículos e o restante foi comprado por clientes pequenos e médios, em negócios pulverizados por todo o país.

A solução 8×2 de 15 metros também vem puxando uma tendência. A logística de transporte e a nova regulamentação das linhas interestaduais estão levando os empresários rodoviários a escolher modelos mais rentáveis. Estão migrando da tração 6×2 para a 4×2 (de 14m e 50 lugares) e da 6×2 para o próprio 8×2.

O novo segmento foi criado após entrar em vigência a lei 13.281, que alterou pontos importantes do Código de Trânsito Brasileiro, em 2016. Entre eles, a permissão para a fabricação de ônibus rodoviários de até 15 metros, com tração 8×2. Antes, o tamanho máximo permitido do ônibus era de 14 metros. Foi um pedido das operadoras de transporte rodoviário de passageiros para viabilizar o cumprimento das novas exigências para o serviço. Entre elas, a obrigatoriedade da instalação de plataforma elevatória para cadeiras de rodas (postergada para julho de 2018) e do aumento de lugares para gratuidades (de 3 para 7).

Neste cenário, garantem mais lugares por veículo este importante um metro a mais (recupera o espaço reservado para a plataforma elevatória) e a adição de um andar superior, possível pelos quatro eixos da versão 8×2, que pode comportar uma carroceria Double Decker (DD).

“Este produto criou um novo nicho de mercado no qual o cliente precisa de um ônibus mais confortável e seguro para seu passageiro, e que seja rentável e econômico, para manter a competitividade e a saúde financeira da operação. Seja atuando em médias e longas distâncias em linhas rodoviárias ou para o turismo”, afirma Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil. “Em razão disso, o Scania K 440 8×2 DD se tornou referência para os clientes. Ele oferece a maior capacidade técnica para levar mais carga, e combina potência e torque com o menor custo por quilômetro rodado.”

De acordo com Munhoz, alguns clientes estão usando a dimensão maior no primeiro andar para tornar o ambiente ainda mais atrativo, com, por exemplo, poltronas mais confortáveis, mesas e aparelhos multimídia. “Em qualquer situação de aproveitamento do maior espaço do 15 metros, o investimento tem gerado um retorno positivo do passageiro após a viagem. O que torna a solução 8×2 rodoviária de 15m ainda mais eficiente, e expande seu potencial.”

Maior venda de rodoviários 15 metros para o Grupo JCA

O Grupo JCA adquiriu o maior lote de ônibus de 15 metros rodoviários, com 93 unidades do K 440 8×2 DD. A divisão da compra ficou da seguinte forma: Viação Cometa com 31 unidades, a Auto Viação 1001 recebeu 22 modelos e, por fim, a Auto Viação Catarinense levou 40 produtos.

“Estamos orgulhosos, pois o Grupo JCA escolheu os chassis Scania para atuar no novo segmento, de ônibus rodoviários de 15 metros. Ter a confiança de uma empresa deste porte comprova que a nossa solução oferece uma operação mais rentável”, diz Munhoz. “Em um momento de grandes transformações no transporte rodoviário, com novas regulamentações, a opção pela Scania nos motiva a buscar cada vez mais economia de combustível, disponibilidade e menor custo por km rodado.”

Além dos 93 K 440 8X2, o Grupo JCA comprou também 92 unidades do Scania K 360 4×2, de 50 lugares, uma configuração que leva mais passageiros, surgida em 2015, e todas para a Auto Viação 1001. Portanto, no total foram 185 chassis faturados para o Grupo JCA, e para dois segmentos.

Primeiro comprador do mercado

Jean Carlos Santos dos Reis, da Gian Carlo Tur (RS), tem orgulho de ter comprado o primeiro rodoviário 15 metros do mercado brasileiro, em novembro de 2016. Escolheu o chassi Scania K 440 8×2 e a carroceria Paradiso 1800 DD, da Marcopolo. Configurou o veículo com 52 lugares, sendo 40 poltronas no andar de cima e 12 no primeiro andar. Todos leito master. No primeiro andar, para o conforto dos passageiros, há mesas de jogos e mais espaço. A concessionária responsável pela venda foi a Casa Suvesa (RS). A empresa Gian Carlo Tur, de quatro anos, atua no fretamento e no turismo eventual, de compras ou de luxo.

Desde as primeiras viagens reconhece o acerto no negócio e faz planos. “Estou muito satisfeito com os resultados operacionais. Há um potencial de crescimento mínimo de 20% do faturamento anual. Escolhemos o ônibus mais moderno e seguro. É o veículo que as agências de turismo procuram, e os passageiros estão sentindo a diferença. Com ele, consigo atender dois perfis de demanda: conforto ou quantidade”, diz Reis. O veículo roda o Brasil e países da América do Sul. Para aumentar a rentabilidade, Reis adquiriu seu primeiro programa de manutenção, o Premium. “Agora, tenho a noção dos custos mensais de manutenção. Planejo melhor a gestão.”

Solução 8×2 rodoviária de 15 metros

O chassi Scania K 440 8×2, já reconhecido no mercado pela economia de combustível e robustez, é o topo de linha da marca no Brasil. O veículo conta com motor 13 litros, 440 cv de potência e torque de 2.300 Nm.

Os modelos Scania K 440 8×2 DD são equipados com câmbio Opticruise de quarta geração (conforto, durabilidade e economia de combustível), maior estabilidade do conjunto (controle eletrônico de estabilidade ESP), suspensões dianteira e traseira pneumáticas, sistema antitombamento – que oferece ainda mais segurança, painel colorido com display de 6.5″, Driver Support (“instrutor” em tempo real avaliando a performance do condutor), posição das bolsas de ar da suspensão no módulo dianteiro (mais conforto e sem ruídos), freios EBS, ABS, válvula de segurança de freio de estacionamento e o sistema hidráulico Scania Retarder, auxílio extra na hora da frenagem. Outras vantagens são propiciar mais espaço no salão do piso inferior (mais comodidade para os passageiros), sistema de gestão mais inteligente dos dados do veículo (Serviços Conectados).

Já o pacote de opcionais conta com o ADAS, que garante uma frenagem inteligente, ou seja quando o ônibus chegar na distância limite programada de um veículo à frente, ele avisa o motorista, e também o alerta caso o veículo saia das faixas laterais da rodovia, para evitar acidentes e invasão de pistas.

As vendas para o novo nicho levaram a Scania, no acumulado de janeiro a novembro, à vice-liderança da categoria dos rodoviários. A fabricante cresceu 85,1% em relação a 2016 (411 unidades vs 222), enquanto o mercado subiu 23,1%. A participação subiu de 15,9% para 24% (maior aumento dentre os concorrentes).