Produção de motos cai 8,5% em maio ante 2013, diz Abraciclo.

A indústria brasileira de motos fechou o mês de maio de 2014 com 135.980 unidades produzidas, informou a Associação dos Fabricantes de Motocicletas e Similares (Abraciclo), nesta sexta-feira (6). De acordo com a entidade, o número representa queda de 8,5%, quando comparado às 148.682 motos do mesmo mês em 2013.

Em relação a abril, quando 146.895 unidades foram fabricadas, a baixa foi de 7,4%. No acumulado de 2014, a produção passou de 686.553 unidades para 691.825 motos. Segundo a Abraciclo, foram comercializadas 636.561 motocicletas ante 677.215 no mesmo período de 2013.

Resultado positivo ficou para as exportações que, no acumulado do período, alcançaram alta de 11,3%, com 40.579 unidades contra 36.460 de janeiro a maio 2013. Já o comparativo mensal apresentou alta de 0,6%, passando de 6.958 motocicletas, em abril, para 7.002, em maio.

Motos de alta cilindrada crescem

Apesar da queda de 14% e 6%, entre abril e maio, registrada no segmento de baixa cilindrada (de 51 cm³ a 150) e média cilindrada (de 151 cm³ a 449), entre as motos “grandes”, o movimento é contrário. As motocicletas de alta cilindrada, acima de 449 cc, apresentaram um crescimento de 13% no período, com 5.148 unidades vendidas frente a 4.554 em abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *