O fim de semana de decisão do título de sprint da Porsche Império GT3 Cup começou em favor de Rodrigo Baptista. Segundo colocado na pontuação a apenas meio ponto da liderança, o recordista em vitórias de 2017 (seis de sprint e uma de endurance) cravou a melhor volta do qualificatório da classe Cup e larga na pole amanhã. Ao seu lado vai partir Lico Kaesemodel, atual campeão de sprint e também candidato ao título deste ano, que vem em quarto nos pontos.

Miguel Paludo começou o treino liderando e acabou a sessão com o terceiro tempo do dia. JP Mauro foi quarto e a seguir veio Ricardo Baptista.

Com o resultado, os quatro candidatos ao título vão partir nas cinco primeiras posições na penúltima corrida curta da temporada.

O outro título em aberto neste ano é o da Cup Sport, que está entre Fernando Fortes e Marcel Visconde. Fortes foi melhor no quali, registrando o oitavo tempo, enquanto seu concorrente do carro #20 vai partir em 13o.

Pela classe Master, que já tem Maurizio Billi como campeão, a pole ficou com Tom Valle, autor do sétimo tempo no quali.

A primeira corrida da Cup acontece neste sábado, às 16h25, com transmissão ao vivo dos canais Sportv. Com 24 carros no grid, é a etapa com mais participantes no ano e a previsão é de casa cheia em Interlagos, uma vez que a organização do GP Brasil informa restarem ingressos à venda apenas para um dos setores de arquibancada (“F”), com os demais lotes de entradas todos esgotados.

Challenge

Nem bem os carros da Fórmula 1 deixaram a pista após o primeiro treino livre nesta sexta-feira, os pilotos da classe Challenge da Porsche Império GT3 Cup já começaram a aquecer os motores para a única atividade de pista antes dos treinos classificatórios e da corrida.

E a experiência não poderia ter sido melhor. Ainda mais para Eloi Khouri, que terminou a atividade de 30 minutos com a melhor marca do dia, com 1m42s548. Campeão de Sprint da temporada da Challenge, Marçal Müller veio  logo em seguida, com 1m43s618, seguido por Rodrigo Melo (1m43s789).

Entre os competidores da Challenge Sport, Francisco Horta foi o mais rápido, com a quinta colocação geral e a marca de 1m44m079.

Eloi dominou a atividade do início ao fim, sem ser muito incomodado pelos demais concorrentes.

“Foi um treino bom. Estava preocupado um pouco na quinta-feira, porque vou andar nos dois carros no fim de semana. Nunca andei tanto tempo em um carro da Cup. Então, foquei em fazer uma boa atuação no carro da Challenge. Então, em vez de dormir cedo, fui para o simulador. Fiquei um tempo para relembrar. Não é perfeito, mas ajuda a memorizar um pouco de novo. O carro e a pista estão muito bons. Vamos ver se no classificatório o pneu ajuda a baixar um pouco mais. Torcer para fazer a pole. É a última etapa, a mais legal, já que é a da Fórmula 1”, comentou Eloi Khouri.

O fim de semana tem sido realmente especial para o competidor. Por conta do título Overall da Challenge na temporada passada, ele também vai disputar a etapa de Interlagos na classe Cup. Tudo como parte da premiação pela conquista de 2016.

E essa não é a única diferença em relação às últimas etapas. Por conta dos treinos livres da Fórmula 1, a pista também estava diferente por conta da borracha deixada pela outra categoria. Isso sem contar algumas mudanças nas zebras do autódromo de Interlagos, que estão mais altas.

“A pista está boa, com grip. A diferença é que as zebras estão mais altas, tomar cuidado para não pular elas. Tem de tomar cuidado com isso. Essa emborrachada que a Fómula 1 tem ajudado. Normalmente, a Challenge sempre é a primeira a andar. Estou feliz. Vamos torcer para manter o resultado”, comentou o mais rápido da atividade.

A tomada de tempo da classe Challenge acontece às 15h25 deste sábado.

O que eles disseram:

“Não só a semana, mas o ano inteiro tem sido especial. Fiz uma temporada boa aqui, uma temporada boa nos Estados Unidos, ganhei o capacete de prata (na categoria nacional), participei do programa junior da Porsche na Europa. O ano tem sido muito bom. Não só para essa corrida, mas também na última de Endurance, vou estar com o carro laranja. Fechei agora esse apoio. Falando dessa sexta-feira, fiz o meu dever. Muita gente falando que já sou campeão. Corrida é corrida, pode acontecer muita coisa. Disse que não pensaria em pontos e que faria o que fiz o ano inteiro, que é o meu trabalho. Assim, vai dar certo. Vamos tentar trazer a vitória neste sábado e tentar pontuar ao máximo no domingo”
Rodrigo Baptista

“Está bom. A gente saiu, deu uma primeira volta esquentando. Na primeira volta rápida não virou o que tinha de virar. Já na segunda, eu acreditei, mas não no tempo. Esfriamos o carro, dei mais uma volta e aí fui para a ponta. Depois da bandeira vermelha, coloquei outro pneu e consegui virar 1m37s9. Infelizmente, não é culpa de ninguém, acho que o Vanuê estava na volta rápida também e estava na minha frente. Tive de tirar o pé. Nisso, tirei o pé em duas voltas. Depois, o pneu não era mais o mesmo. Mas está bom, largando na primeira fila. Agora, vamos estudar. Poderia ter vindo melhor, tem alguma coisa que precisa melhorar. Vamos estar competitivos para este sábado”

Lico Kaesemodel

“Acho que o treino foi positivo. O carro passou por uma série de revisões, já que eu venho penando muito nas classificações e, principalmente, nas freadas. Acho que a gente deu um passo para a frente, o carro melhorou muito. A volta rápida do Segundo jogo de pneus foi a minha mais rápida no treino, travei um pouco e perdi alguns décimos. A gente está na balada, agora, é partir para a corrida. Estamos no terceiro lugar, é uma posição boa, estou por dentro. Agora, é ver o que vai acontecer na largada. Não tenho muito a perder. Estamos liderando o campeonato, tenho de chegar na frente dos meus concorrentes para poder disputar o campeonato e brigar até o fim”

Miguel Paludo

“Fico chateado em chegar aqui não disputando o campeonato. Achava no começo do ano que tinha condições de estar, mas por conta de algumas infelicidades e corridas ruins, não estou nesse briga. Por outro lado, fico contente pore star competitive, mais uma vez estar largando na frente. Poderia ter tirade mais dos pneus, não encaixei o melhor tempo. O fato de eu não estar disputando o campeonato faz com que eu possa arriscar mais na corrida neste sábado, além de ser mais arrojado”

JP Mauro

 

“Não foi o que a gente imaginava e queria, mas foi o que a gente conseguiu. Foi uma classificação muito confusa, com muito retardatário na pista. A minha primeira oportunidade, eu praticamente joguei fora o pneu, não deu para aproveitar. Na segunda, deu a bandeira vermelha. Quem soube aproveitar a pista aberta e limpa se beneficiou. Agora, saindo de quinto, na minha condição do campeonato e com os outros três saindo na frente, não tenho muito o que fazer a não ser tentar ir para frente

Ricardo Baptista

 

“Fizemos o máximo possível. Fui o primeiro na categoria, foi bom. Como não teve treino antes, foi uma loteria. Peguei pneu usado para ver o freio. Nem quis colocar primeiro os pneus novos para achar o freio. Depois que acertei o freio, coloquei o pneu novo. A partir daí, era negociar volta. Fui virar na quarta volta do pneu. Em duas eu errei, na Terceira peguei trânsito. Foi pegado. Fiquei devendo para mim mesmo uns três décimos. Nem tinha feito contas pelo título. Estou pensando nas duas corridas”

Fernando Fortes

“É um fim de semana especial. É um sonho que está se realizando. Ano passado voltei a correr, já era um sonho. Estar aqui de novo já é uma benção. Ter a oportunidade de correr nos dois carros, então, junto com a Fórmula 1, não poderia pedir nada a mais. Queria agradecer a todos da Porsche, toda a equipe. Vamos continuar esse sonho”

 Eloi Khouri

˜Sempre muda, ainda mais com as reformas que tiveram para a Fórmula 1. Tiveram mudanças de zebra. A Fórmula 1 deixa uma borracha diferente daquela do Porsche, então, temos de nos adequar um pouco à pista. Tentei aproveitar o treino da melhor maneira possível para tentar me adaptar. O treino foi bom. Vamos com tudo para a classificação

Marçal Müller

 

“Mais importante do que andar depois da Fórmula 1, é esse tempo que ficamos sem andar. Isso para mim fez mais diferença. Fiquei feliz com meu tempo. Andei bem depois de um tempão de descanso, vamos dizer assim. Correr com a Fórmula 1 é legal, não apenas pela pista, mas pelo glamour. Não esperava esse tempo. Fiquei muito animado”

Francisco Horta

Resultados

Cup

  1. Ro. Baptista 1min37s820
  2. L. Kaesemodel 1min37s957
  3. M. Paludo 1min38s293
  4. JP Mauro 1min38s426
  5. R. Baptista 1min38s485
  6. E. Azevedo 1min38s606
  7. T. Valle (M) 1min38s900
  8. F. Fortes (S) 1min38s917
  9. W. Neugebauer 1min39s087
  10. M. Billi (M) 1min39s097
  11. E. Khouri (S) 1min39s161
  12. M. Mauro (M) 1min39s329
  13. M. Visconde (S) 1min39s331
  14. C. Ambrosio (M) 1min39s343
  15. M. Karlsson 1min39s380
  16. P. Queirolo 1min39s415
  17. A. Baptista (S) 1min39s452
  18. G. Figueiroa (M) 1min39s501
  19. C. Faria (S) 1min39s895
  20. V. Faria (S) 1min39s908
  21. B. Leite (S) 1min40s396
  22. G. Reischl (S) 1min40s614
  23. D. Giustozzi (M) 1min41s436
  24. P. Pomelli (M) 1min43s273

Challenge

  1. E. Khouri 1min42s548
  2. M. Müller 1min43s618
  3. R. Mello 1min43s789
  4. T. Filho 1min43s977
  5. F. Horta (S) 1min43s079
  6. Kreis Jr (S) 1min44s242
  7. M. Billi (S) 1min44s429
  8. P. Totaro (S) 1min44s440
  9. M. Vario 1min44s453
  10. M. Peres 1min44s499
  11. R. Alcaraz 1min44s986
  12. P. del Ponte 1min45s474
  13. R. Kastropil 1min45s714
  14. F. Taraborelli 1min46s232
  15. P. Costa (S) 1min46s699
  16. M. Parodi (S) 1min48s793
  17. F. Guerra (S) 1min49s729
  18. N. Elias (S) 2min05s284

Sem tempo

  1. Ziemkiewicz
  2. Seripieri