Miguel Paludo vence na Porsche GT3 Cup em dia de acidente assustador em Goiânia

Daniel Corrêa conquista sua primeira vitória na Porsche GT3 Challenge, que vê o campeonato embolar novamente

Um dia após conquistar sua primeira vitória na Porsche GT3 Cup, Pedro Piquet novamente foi o assunto do dia em Goiânia -desta vez, com viés preocupante. O jovem bicampeão da F3 Brasil teve o Porsche #6 tocado na curva 2 após disputa na largada, capotou uma dezena de vezes e foi removido, consciente, para o Hospital de Urgências de Goiânia. Acompanhado por Dino Altmann, diretor médico da Porsche GT3 Cup Challenge, o brasiliense passou por exames de raio-x e tomografia que não constataram nenhuma fratura. Ficará sob observação até segunda-feira, quando está programada sua alta.

Susto à parte, na pista sobraram emoções positivas -tanto na prova da Cup quanto na corrida da Porsche GT3 Challenge.

Na categoria principal quem se deu melhor foi Miguel Paludo. O gaúcho, que corria de luto pelo falecimento de seu avô na véspera, largou em segundo, herdou a liderança após escapada e sustentou a pressão de Lico Kaesemodel. Permanece em segundo lugar no campeonato, atrás de Constantino Jr. O atual campeão foi o maior pontuador da etapa (empatado com Lico), somando 34 tentos e ampliando sua liderança de 13 para 17 pontos a três etapas do fim da temporada.

Na classe Cup Sport, Daniel Schneider também abriu boa margem no topo dos pontos. Ele chegou a Goiânia com sete de vantagem sobre Marcel Visconde na classe de entrada e deixa a cidade com 20 de vantagem sobre o mesmo adversário. Na Cup Master, Maurizio Billi mantém os 26 pontos de distância sobre Sergio Ribas e segue como principal candidato ao bicampeonato (ele venceu a classe para pilotos acima de 50 anos de idade em 2013).

A programação deste domingo foi aberta com uma corrida muito movimentada pela Porsche GT3 Challenge, com reviravoltas pelas posições no pódio até a última curva da volta final. Daniel Corrêa, maranhense radicado na capital goiana, com autoridade e “em casa”, conquistou sua primeira vitória no geral após se recuperar de uma largada complicada.

A prova marcou também uma bela recuperação do atual campeão Fabio Alves, que galgou nada menos que nove posições na pista e recebeu a bandeirada em segundo. De quebra o carioca do Porsche #63 reduziu para apenas três pontos a margem de JP Mauro no topo da tabela, descontando nada menos que 13 pontos na pista goiana.

Já na Challenge Sport, além obviamente de Daniel Corrêa, o destaque foi Rodrigo Mello. O competidor do Porsche #29 não repetiu a sólida performance da véspera no geral. Mas lutou até o fim, superou Gonzalo Huerta na volta final pelo segundo lugar na classe de entrada -manobra que foi decisiva para ultrapassar Tom Filho por um ponto na tabela de classificação da classe de entrada (considerando descartes), que define seu campeão na próxima etapa.

A Porsche GT3 Cup Challenge retorna a Curitiba para a sétima etapa da temporada, no dia 24 de outubro.

A corrida – Cup
Após a interrupção da prova com bandeira vermelha em decorrência do acidente de Pedro Piquet, a direção de prova determinou o reinício da prova desde a largada.

O termômetro acusava 69 graus no asfalto goiano e 34 de temperatura ambiente. Nesse cenário o desafio não foi pequeno para os pilotos. Largando da pole, Rodolfo Ometto escapou na primeira volta, e Paludo herdou a ponta.

O Porsche #32 abriu a segunda fila na liderança, seguido de perto por Lico Kaesemodel -que superou Daniel Schneider na volta 1 e trouxe junto Ricardo Rosset. O líder da Cup Sport era quarto, à frente de Edu Azevedo.

As posições do top5 ficaram inalteradas até metade da prova, quando Lico apertou Paludo até assumir a liderança na saída da curva 1. Miguel deu o troco no miolo, e Rosset chegou para a briga junto com Schneider.

A confusão entre os quatro primeiros favoreceu Constantino Jr, que se recuperava de uma largada problemática e já vinha em quinto na volta 13. O atual campeão conseguiu emparelhar com Schneider na curva zero e no giro seguinte atacou Rosset por fora. Enquanto isso, Lico voltou à carga sobre Paludo novamente, até sair de frente na entrada do bico de pato, quando os carros estiveram próximos de um contato.

Com a prova caminhando para suas voltas finais, Rosset e Constantino reeditaram os duelos das últimas temporadas na Porsche Cup. Como de praxe, a briga acabou aproximando quem vinha a seguir: no caso, trouxe Schneider e Sylvio de Barros para a confusão.

De tanto insistir, o carro #0 se virou antes do S de baixa e superou Rosset na penúltima volta. Lico insistiu até o fim, apertando Paludo sempre. Mas o dia era do gaúcho, que recebeu a bandeirada um par de décimos à frente.

A prova teve ainda o estreante Marcio Basso como destaque. O competidor do Porsche #2 foi o piloto que mais conquistou posições (11) e fez seu primeiro top10 na Cup, em décimo. Uma posição atrás veio Maurizio Billi com o Porsche #34, para vencer na Cup Master.

A corrida – Challenge
O pole position Elias Azevedo segurou a dianteira, Rodrigo Mello saltou de terceiro para segundo, enquanto Daniel Corrêa perdeu ação ao tentar por fora. No meio do pelotão, Beto Leite atravessou a freada e atingiu Ronaldo Kastropil na curva 3, provocando intervenção do safety-car.

Na relargada, Daniel se destacou, conquistando posições decisivas para selar seu melhor resultado na categoria.

Na altura de metade da prova, o Porsche #69 novamente atacou, tirando proveito de escapada dos adversários e trazendo Gonzalo junto. Então pressionou Elias pela primeira posição no geral: abriu a volta 8 com um milésimo de vantagem sobre o Porsche #21.

A 10 minutos do fim, o top5 mostrava: Daniel Corrêa, Elias, Gonzalo, Cristiano e Rodrigo Mello. Então na abertura da volta 11, o chileno superou Elias por dentro na curva 1 e evitou o “xis”. Na volta seguinte, Cristiano passou o carro #21 no mesmo ponto. Mais atrás, Mello perdeu rendimento e duas posições, para Fabio Alves e JP Mauro.

A três voltas do final, Cristiano apertava Gonzalo. Na briga, Fabio Alves e Elias se aproximam. Piquet arriscou trajetória diferente no S de baixa, induzindo o chileno a erro, para concretizar a ultrapassagem pela vice-liderança na curva zero.

Fabio Alves veio junto no término da penúltima volta, e Gonzalo acabou rodando enquanto Piquet abandonava com pneu furado. Ainda no giro final, Elias também ultrapassa o Porsche #7 -trazendo junto JP Mauro e Rodrigo Mello.

A ordem na bandeirada mostrava: Daniel Corrêa, Fabio Alves, Elias Azevedo, JP Mauro e Rodrigo Mello.

Declarações dos pilotos
Era mais rápido até o miolo, mas eu tinha alguns problemas de freios e bloqueava rodas às vezes. Consegui recuperar do Lico logo que ele passou e se não fosse aquela hora acho que não ia conseguir vencer. Depois tentei administrar, recuar as freadas dentro do possível e controlar o Lico. Como sempre ele foi muito limpo e fico contente por esta vitória, especial para mim. Ontem meu avô faleceu e não pude comparecer ao velório mas dedico essa vitória a ele. É especial para mim poder dedicar isso a ele neste dia.
Em termos de campeonato, o destaque foi a reação, pois tudo funcionou. Na tomada de tempo tivemos um erro de comunicação e acabamos indo para a pista com pneus novos e o acerto para pneus usados, o que complicou o quali. Detectamos o problema, que não vai mais acontecer. O importante foi que na largada de ontem consegui saltar de 13º para sétimo, posição que me colocou na primeira fila hoje, quando novamente larguei bem e venci. Mal posso esperar para Curitiba
MIGUEL PALUDO, vencedor da corrida 2 da Cup e vice-líder no geral

Começo da prova foi um pouco complicado para mim, pois perdi algumas posições. Então o carro esquentou muito rápido, deu alarme e a temperatura ficou muito alta. Aí comecei a antecipar um pouco as freadas, reduzir marchas sem o giro tão alto. Isso me ajudou a conservar um pouco os pneus. O pessoal da frente brigou um pouquinho e consegui tirar a diferença. Pelo que acompanhei, tive a impressão que o pneu do Ricardo Rosset degradou mais rápido. Então aproveitei uma situação em que ele escapou um pouquinho (e já estava aguardando essa chance), daí consegui passar.
Pontos importantes para o campeonato, com uma etapa a menos no calendário, então saio daqui um pouco mais contente do que cheguei.
CONSTANTINO JR, terceiro colocado na prova 2 e líder do campeonato da Cup

Sem empolgação, mas o fim de semana foi bom com as duas vitórias na Sport. Quem estava atrás acabou tendo alguns problemas aqui, então acho que foi uma etapa produtiva para a categoria. Mais que isso, estou satisfeito com o desempenho em geral, porque andei bem também no geral. Tem muito ponto ainda para disputar em Curitiba e São Paulo, não tem como fazer prognóstico ainda. Mas dá algum conforto.
DANIEL SCHNEIDER, quinto colocado no geral, vencedor da Cup Sport e líder da classe de entrada

Foi um resultado muito bom para mim, pois não tive um resultado muito bom desde os treinos, quando não estava andando legal. Nesta última corrida tive um pouco de sorte e correu tudo bem, então consegui ganhar de novo.
Em relação ao campeonato vamos deixar para pensar na última corrida, na hora da bandeirada
MAURIZIO BILLI, 11º colocado no geral, vencedor e líder da Cup Master

Estou muito feliz, cada prova é uma evolução. Foi meu primeiro top10 e estive perto do pódio na Sport. Pena que deu sexto na categoria. Quase passei o Carlinhos no final, mas ele deu uma dividida de curva comigo e ainda não estou acostumado com isso. De todo modo estou muito contente com a corrida
MARCIO BASSO, 10º colocado no geral e sexto na Cup Sport

Aqui é minha casa! O carro teve o mesmo desempenho das últimas etapas, continua igualzinho. Neste fim de semana acho que a diferença foi o piloto. Estou mais focado e treinando mais forte, mentalizando a corrida o tempo inteiro. Acho que a concentração foi o que resolveu essa corrida. Estava muito constante e isso foi bom.
Hoje fiz o contrário do que tinha feito ontem sob safety-car: tentei deixar o carro de cara pro vento, pra temperatura diminuir e o rendimento aumentar. Quando relargou, estava com o pneu na temperatura perfeita e foi só partir para frente. Deu tudo certo.
DANIEL CORRÊA, vencedor da Challenge, classificação geral e classe Sport

Prova hoje foi sensacional. O carro hoje era outro. Agradeço ao meu coach Jorginho de Freitas, que trabalhou para melhorar o acerto de ontem para hoje. O carro mudou completamente e o resultado foi este aí que vocês viram. Estou muito contente.
Nunca desisti da briga pelo bicampeonato e agora, mais do que nunca, estamos vivos na disputa pelo segundo título
FABIO ALVES, segundo colocado na prova 2 da Challenge e no campeonato

Hoje tive o resultado que buscava ontem. Briguei com o carro o dia inteiro, não achei o acerto, não achei velocidade. Mesmo com os 50 kg de lastro, sentia que o carro perdia velocidade de reta: Fabio era mais rápido na reta e eu conseguia recuperar um pouco no miolo. Mas o resultado acabou sendo satisfatório, continuo em primeiro no campeonato e a briga vai ser acirrada daqui pro fim. Temos mais três corridas no ano e tudo indica que o título vai ser decidido em Interlagos na preliminar da F1
JP MAURO, quarto colocado na prova 2 e líder do campeonato da Challenge

Foi um domingo muito interessante. Comecei superbem, mas me desconcentrei um pouquinho e perdi algumas posições. Depois consegui retomar a consciência e fiquei pensando no campeonato da Sport. Na última volta consegui passar o Huerta numa bobeada dele e assumi a segunda posição na classe de entrada, resultado que, com o descarte, me coloca em primeiro no campeonato da Sport. Era meu objetivo aqui, garantir a ida para Curitiba com o campeonato já virado
RODRIGO MELLO, quinto colocado na prova 2, segundo na classe Sport e novo líder da Challenge Sport considerando o descarte obrigatório

Goiânia 2 – Porsche GT3 Cup – Corrida 2:
1. Miguel Paludo, 19 voltas
2. Lico Kaesemodel, a 0s272
3. Constantino Jr., a 6s529
4. Ricardo Rosset, a 7s656
5. Daniel Schneider, a 8s479
6. Sylvio de Barros, a 8s831
7. Gilberto Farah, a 13s316
8. Marcel Visconde, a 13s436
9. Carlos Ambrósio, a 18s816
10. Marcio Basso, a 19s367
11. Maurizio Billi, a 24s211
12. Sérgio Ribas, a 48s189
13. Jorge Gomez, a 1min01s739
14. Adalberto Baptista, a 1min04s786
15. Eduardo Azevedo, a 1 volta
16. Rodolfo Ometto, a 1 volta
17. Ricardo Baptista, a 12 voltas
18. Guilherme Figueirôa, a 17 voltas
19. Pedro Queirolo, a 19 voltas

Goiânia 2 – Porsche GT3 Challenge – Corrida 2:
1. Daniel Corrêa, 18 voltas
2. Fabio Alves, a 4s706
3. Elias Azevedo, a 6s115
4. JP Mauro, a 8s490
5. Rodrigo Mello, a 8s828
6. Gonzalo Huerta, a 9s492
7. Ramon Alcaraz, a 24s076
8. Paulo Pomelli, a 29s724
9. Marcio Mauro, a 1min19s593
10. Cristiano Piquet, a 1 volta
11. Tom Filho, a 14 voltas
12. Ronaldo Kastropil, a 18 voltas
13. Beto Leite, a 18 voltas

Porsche GT3 Cup – Classificação geral:
1. Constantino Jr., 198 pontos
2. Miguel Paludo, 181
3. Ricardo Rosset, 173
4. Ricardo Baptista, 142
5. Lico Kaesemodel, 118
6. Daniel Schneider, 115
7. Marcel Visconde, 95
8. Pedro Queirolo, 94
9. Rodolfo Ometto, 86
10. Gil Farah, 77
11. Eduardo Azevedo, 75
12. Pedro Piquet, 71
13. Sylvio de Barros, 61
14. Franco Giaffone, 60
15. Carlos Ambrósio, 52
16. Maurizio Billi, 49
17. Gui Affonso, 18
18. Marcelo Stallone, 16
19. Sérgio Ribas, 15
20. Guilherme Figueirôa, 13
21. Marcio Basso, 11
22. Adalberto Baptista, 8
23. Roberto Posses, 7
Tom Valle, 7
25. Jorge Gomez, 3
26. Carlos Silveira, 1

Porsche GT3 Cup Sport – Classificação:
1. Daniel Schneider, 92 pontos
2. Marcel Visconde, 72
3. Gil Farah, 70
4. Rodolfo Ometto, 69
5. Eduardo Azevedo, 65
6. Sylvio de Barros, 57
7. Carlos Ambrósio, 46
8. Franco Giaffone, 43
9. Marcio Basso, 25
10. Adalberto Baptista, 24

Porsche GT3 Cup Master – Classificação:
1. Maurizio Billi, 108 pontos
2. Sérgio Ribas, 82
3. Guilherme Figueirôa, 75
4. Marcelo Stallone, 63
5. Gui Affonso, 53
6. Roberto Posses, 24
7. Carlos Silveira, 20
8. Tom Valle, 12
Jorge Gomez, 12

Porsche GT3 Challenge – Classificação:
1. JP Mauro, 159 pontos
2. Fabio Alves, 156
3. Elias Azevedo, 151
4. Cristiano Piquet, 138
5. Daniel Corrêa, 94
6. Tom Filho, 88
7. Márcio Mauro, 87
8. Rodrigo Mello, 81
9. Ramon Alcaraz, 79
Gonzalo Huerta, 79
11. Daniel Paludo, 55
12. Ronaldo Kastropil, 46
13. Eduardo Ramos, 44
14. Marcello Sarcinella, 41
15. Vitor Scheid, 34
16. Fernando Fortes, 30
17. The Tonny, 29
18. Paulo Pomelli, 27
19. Beto Leite, 8
20. José França, 0

Porsche GT3 Challenge Sport – Classificação:
1. Tom Filho, 44 pontos
2. Rodrigo Mello, 40
3. Daniel Corrêa, 33
4. Marcio Mauro, 27
5. Gonzalo Huerta, 26
6. Ramon Alcaraz, 20
7. Marcello Sarcinella, 14
The Tonny, 14
9. Vitor Scheid, 9
10. Paulo Pomelli, 6
11. Alencar Jr., 4
12. Beto Leite, 1
13. José França, 0

Fotos: Luca Bassani

264455_542531_cup_domingo_goiania_2015__17_ 264455_542530_cup_domingo_goiania_2015__16_ 264455_542522_cup_domingo_goiania_2015__18_ 264455_542520_challenge__domingo_goiania__18_

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *