A Pirelli deverá introduzir um sexto composto de pneu, em 2018, na Fórmula 1. A Auto Motor und Sport afirmou que o novo composto será uma espécie de ‘ultra ultramacio’, acreditando-se que todos os compostos atuais serão mais macios no próximo ano. Também esta sendo discutido como os pneus serão disponibilizados às equipes. Várias pessoas ligadas à F1 querem que as equipes possam escolher livremente entre os seis compostos em todas as provas. Mas Mario Isola, da Pirelli, não está convencido.

“Com a seleção livre, as equipes de ponta escolheriam os compostos mais duros, passariam para a Q3 e então teriam uma vantagem clara na corrida”.