A Red Bull ainda não sabe qual vai ser a estratégia a nível aerodinâmico para o Grande Prêmio do Japão, segundo Daniel Ricciardo. O piloto australiano acredita que o ritmo demonstrado pela equipe no primeiro dia de treinos se ficou a dever ao muito apoio aerodinâmico adotado, o que pode ajudar na classificação, mas prejudicar na corrida: “O nosso ritmo foi muito bom, mas continuamos precisando arranjar um bom compromisso com o apoio aerodinâmico”.

“Estamos próximos da Mercedes e da Ferrari, não foi um mau dia, as sabemos que sabemos que temos de ser ainda mais rápidos no domingo, faltam encontrarmos um centésimo ainda. Estamos perdendo muito nas restas e penso que não foi apenas motor. Parece que temos muito apoio aerodinâmico, precisamos ver se é o melhor para nós ou não. No domingo vamos fazer o que podemos, de preferência para lutar pelo pódio”, referiu ainda Ricciardo.