FIM confirma Silverstone como sede do GP da Grã-Bretanha em 2015 e 2016.

Enquanto o Circuito de Gales segue em obras, Silverstone permanece como a sede do GP da Grã-Bretanha da MotoGP. O novo contrato vale para as temporadas 2015 e 2016.

 

A Grã-Bretanha não vai ficar sem seu GP na temporada 2015 da MotoGP. Nesta quarta-feira (11), a FIM e a Dorna informaram que a pista de Silverstone vai seguir recebendo a etapa e, portanto, entrar como substituta de Donington para esta e para a próxima temporada.

 

O acordo foi selado junto ao grupo que está responsável pela construção do Circuito de Gales. Enquanto ainda não fica pronta a nova pista, o grupo estava procurando circuitos para não quebrar o contrato com a categoria. Com a saída de Donington, Silverstone foi a escolhida para sediar a etapa que acontece no último final de semana de agosto.

 

 

Diretor do circuito de Silverstone, Patrick Allen comentou que a volta da MotoGP para a pista é muito boa por tudo que a categoria representa.

 

 

“Muito trabalho foi realizado nos últimos anos para recebermos a MotoGP e, perder o evento da maneira que perdemos foi muito doloroso. Não posso dizer que não estou muito feliz por poder voltar a colocar a MotoGP na programação da pista, é uma categoria muito importante na nossa história”, disse.

 

 

Michael Carrick, chefe-executivo do Circuito de Gales, agradeceu aos diretores do circuito de Silverstone, à Dorna e aos patrocinadores, garantindo que o Reino Unido não vai perder a etapa de 2015.

 

 

“Estamos muito felizes em poder anunciar que Silverstone vai receber as edições de 2015 e 2016 do GP da Grã-Bretanha, enquanto o Circuito de Gales segue em construção. Agradecemos à direção de Silverstone, à Dorna e aos patrocinadores. Com o anúncio de hoje, podemos afirmar que vai haver o GP da Grã-Bretanha em 2015”, falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *