Fernando Alonso estreou ontem no endurance pilotando um LMP1, com vista à sua participação em Le Mans. A convite da Toyota, o espanhol testou o Toyota TS050 Hybrid, no teste para estreantes do WEC que decorreu no Bahrein, fazendo um total de 113 voltas, cerca de 611 quilômetros, e sendo o piloto que mais tempo esteve em pista. O espanhol se mostrou muito satisfeito com o seu teste e fez como volta mais rápida 1:43.013, um tempo 0.9s mais lento do que a melhor volta feita por Sebastien Buemi, piloto da Toyota.

“Não fizemos nenhuma volta com pouco combustível ou com configurações de classificação. Não havia nenhum troféu para ganhar hoje. Trabalhamos um pouco mais com o Fernando. Depois de se familiarizar com o carro, fizemos alguns testes de pneus”, disse Pascal Vasselon, diretor técnico da Toyota.

Já Fernando Alonso não podia estar mais satisfeito: “Foi um grande dia. Testar um LMP1 é sempre uma boa oportunidade para qualquer piloto de competição, porque estes carros são fantásticos de pilotar. São muito consistentes durante muito tempo, o que é positivo. Já queria testar um carro como este há muito tempo e finalmente consegui, estou feliz”.