FIA WEC – Alterações ao Regulamento Esportivo e Técnico.

Foram aprovadas alterações ao Regulamento esportivo e Técnico do Mundial de Endurance, incluindo:

Os carros LMP1 híbridos e não híbridos passam a competir juntos (leia-se na mesma classe).

Serão realizadas uma série de propostas para homogenizar o desempenho dos LMP1 híbridos e LMP1s não híbridos (Balance of Performance).

Serão feitas modificações na apresentação de pontos para as 24 Horas de Le Mans e para as 1500 milhas de Sebring: 1500 milhas de Sebring passam a valer (32 pontos, + 25% comparativamente às ‘normais’ corridas de 6 horas), 24 Horas de Le Mans (pontos reduzidos de 50 a 38 pontos, + 50% comparativamente a corridas de 6 horas).

Atualização dos regulamentos relativos ao pit lane, permitindo mudanças de pneus e outros trabalhos (como limpeza de carrocerias ou verificações de freios) durante os reabastecimentos.

O título do campeão mundial, a partir de agora, será atribuído a uma equipe da categoria LMP1 e não mais a um fabricante, como até aqui. A taxa de inscrição para a classe LMP1 será de 310.000€.

Em resumo, o WEC deixa de atribuir título de construtores, passa a fazê-lo para equipes, na categoria principal, embora se mantenha o título mundial de Construtores nos GT. Se a Toyota Gazoo vencer o título mundial, não será de Marcas mas sim de Equipes.

O calendário 2018/19 do Mundial de Endurance é o seguinte:

05 de maio Bélgica WEC 6 Horas de Spa-Francorchamps *
16-17 de junho França Le Mans 24 Horas *
19 de agosto Grã Bretanha 6 Horas de Silverstone *
21 de outubro Japão 6 Horas de Fuji *
18 de novembro China 6 horas de Xangai *
16-17 de março (2019) EUA 1500 milhas de Sebring *
04 de maio (2019) Bélgica WEC 6 Horas de Spa-Francorchamps *
15 a 16 de junho (2019) França 24 Horas de Le Mans *

* Sujeito à confirmação da federação nacional (ASN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *