F4 Sul-americana: Pedro Cardoso vence primeira corrida em Mercedes

O brasiliense Pedro Cardoso venceu neste sábado a primeira prova da terceira rodada dupla da temporada 2015 da F4 Sul-americana, realizada no autódromo de Mercedes, no Uruguai. O piloto de 16 anos superou seu concorrente direto na briga pelo título, o uruguaio Juan Manuel Casella, e abriu vantagem na liderança do campeonato, com 87 pontos. Casella terminou na segunda posição, à frente do peruano Rodrigo Pflucker, que foi ao pódio pela primeira vez no ano.

Depois de realizar uma boa largada, Cardoso rapidamente pulou para a ponta da corrida e deixou Casella em segundo. Com um carro bem acertado e comandando o ritmo de corrida, o piloto brasileiro controlou bem a distância e não deixou os adversários se aproximarem. Assim, a briga ficou restrita à segunda posição, que teve Casella e Pflucker como principais candidatos ao posto. Pflucker bem que tentou e ganhou a posição do uruguaio, mas logo foi ultrapassado e manteve o terceiro posto até o fim.

Além do trio que completou o pódio, o destaque da etapa ficou por conta da estreia do argentino Federico Iribarne. Com uma certa experiência a bordo de um carro da F4 Italiana, o piloto deu trabalho para os pilotos mais “velhos” da categoria e conquistou o sexto lugar. Diego Muraglia foi o quarto e Pedro Caland, o quinto colocado. Para a segunda corrida, que acontecerá neste domingo, às 10h10 (horário de Brasília), Iribarne largará da pole position, já que o regulamento determina que o grid seja formado com base no resultado da primeira corrida, mas invertendo os seis primeiros.

Treino livre e classificação:
No segundo treino livre, realizado na manhã deste sábado, Pedro Cardoso quebrou o domínio imposto por Juan Manuel Casella e marcou o melhor tempo em 1min20s623. O uruguaio foi segundo, seguido por Leandro Guedes, Nicolás Muraglia, Federico Iribarne, Diego Muraglia, Rodrigo Pflucker, Pedro Caland, Lorenzo Mauriziano e Daniel Duarte.

Na classificação, Casella deu o troco e superou Cardoso para conquistar a pole para a primeira corrida, com a marca de 1min20s029. O brasiliense registrou o segundo tempo, seguido por Iribarne, Pflucker, Diego Muraglia, Guedes, Nicolás Muraglia, Mauriziano, Caland e Duarte.

Pedro Cardoso: “Estou muito satisfeito porque conquistei o primeiro objetivo, que era ganhar a corrida para abrir vantagem na liderança do campeonato. Foi muito difícil, já que os pilotos da F4 Sul-americana são muito competitivos. Agora vamos pensar na corrida final, que também temos condições de repetir a vitória”.

Juan Manuel Casella: “Larguei bem, mas o Pedro conseguiu me ultrapassar no início. Tentei acompanhá-lo, mas o carro estava um pouco instável e tive que corrigir a tocada em alguns momentos. Tenho que seguir pensando no campeonato e tentar descontar os pontos que me separam do líder”.

Rodrigo Pflucker: “Foi uma ótima corrida e estou feliz por conquistar meu primeiro pódio na categoria. Larguei de quarto e pude avançar na corrida. Fui para terceiro e depois consegui ganhar a posição do Casella, mas ele me superou e terminei em terceiro. De qualquer maneira, é um resultado importante, que demonstra minha evolução a cada etapa”.

Resultado da primeira corrida:
1) Pedro Cardoso (BRA) – 14 voltas em 20min29s143
2) Juan Manuel Casella (URU) – a 5s049
3) Rodrigo Pflucker (PER) – a 5s583
4) Diego Muraglia (URU) – a 20s559
5) Pedro Caland (BRA) – a 28s793
6) Federico Iribarne (ARG) – a 30s873
7) Nicolás Muraglia (URU) – a 36s955
8) Lorenzo Mauriziano (CHI) – a 41s948
9) Leandro Guedes (BRA) – a 55s102
10) Daniel Duarte (BRA) – a 1 volta

Classificação do campeonato:
1) Pedro Cardoso (BRA) – 87 pontos
2) Juan Manuel Casella (URU) – 77 pontos
3) Leandro Guedes (BRA) – 59 pontos
4) Diego Muraglia (URU) – 47 pontos
5) Francisco Cammarota (URU) – 45 pontos
6) Pedro Caland (BRA) – 44 pontos
7) Agustín Lima Capitao (ARG) – 42 pontos
8) Rodrigo Pflucker (PER) – 42 pontos
9) Nicolás Muraglia (URU) – 24 pontos
10) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 22 pontos
11) Federico Iribarne (ARG) – 8 pontos
12) Jorge Matos (EQU) – 6 pontos
13) Daniel Duarte (BRA) – 1 ponto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *