Horas depois de encerrada a regional Nordeste da Copa Truck neste domingo, diante das arquibancadas e áreas VIPs do Autódromo Virgílio Távora lotadas, uma decisão dos comissários desportivos alterou o resultado da segunda corrida da rodada dupla de Fortaleza e, consequentemente, a classificação final da competição.

A medida revogou as infrações por queima de radar impostas ainda na primeira volta aos pilotos André Marques, Witold Ramasauskas e Renato Martins – que, pelo excesso de velocidade no trecho controlado, tinham sido punidos com drive-through. Para reorganizar o resultado, os comissários substituíram o tempo de volta inflado pela passagem nos boxes pela média de todas as voltas completadas pelos três em ritmo normal.

Com isso, Marques pulou da quinta para a terceira posição e somou os pontos necessários para a conquista do vice-campeonato da Copa Nordeste. O piloto da Mercedes Benz chegou aos 79 pontos, superado apenas pelos 95 do campeão Felipe Giaffone, da Volkswagen.