Coluna do Borracha – Inalcançável

Inalcançável

 

Seis vitórias em seis corridas fazem de Marc Marquez o piloto do ano

 

Texto: Eduardo Abbas

 

Não é de hoje que reverencio aqui na coluna os feitos espetaculares que esse espanhol tem conseguido na sua curta carreira na MotoGP. Em apenas dois anos, já ganhou um título e segue firme para o segundo, é só marcar a data.

 

Na corrida desse fim de semana passado, ficou mais evidente que, na MotoGP de hoje, ele não tem adversários, que o seu companheiro de equipe, dono do mesmo equipamento, sofre por causa da cirurgia recém realizada e da total falta de estrela e capacidade para acompanhá-lo. O oponente da vez foi o também espanhol Jorge Lorenzo, que saltou na frente e, pelo menos parecia, iria quebrar a escrita das últimas 5 corridas. Não deu, e numa disputa sensacional, que durou até a chegada, sucumbiu ao atual campeão. Com 53 pontos à frente do Valentino, se Marquez vencer mais três, não vai precisar mais ganhar nenhuma até o fim do ano para ser o mais novo bicampeão da categoria.

 

Dias de glória e anos de conquistas aguardam Marquez, ele não tem adversário e todo mundo conta com o imponderável para vencê-lo. Melhor para a MotoGP, pior para o resto, que na verdade vão assistir de camarote um dos maiores pilotos da história escrever a sua em uma moto imbatível. Se essa parceria continuar por muito tempo, dificilmente o ano vai terminar sem que eles sejam os melhores.

 

No fim de semana teve rodada dupla da Fórmula Indy. Não é uma forma que agrada, porque diferentemente das motos, fazer rodada dupla com carros é esquisito e quase sempre os mesmo que vão bem na primeira, repetem a dose na segunda. Foi o que aconteceu em Detroit no sábado e no domingo, além da etapa ter enterrado o vencedor das 500 milhas, fez com que os dois carros da Penske saltassem para a liderança do campeonato.

 

No sábado, com uma tática melhor e que deixou alguns “especialistas” do Brasil inconformados (claro, por serem mal informados…) Will Power levou, sem muito mérito é verdade, mas com muita ousadia nas últimas voltas, típico desse que é um eterno vice-campeão. Já no domingo, a sorte mudou de carro mas não de equipe, e aí sim, com uma tática correta, Helio Castroneves venceu, mas com o Power em segundo. Com esse resultado e com desastre que foi o fim de semana do Ryan Hunter-Reay, o australiano agora é o líder e o brasileiro o segundo.

93marquez duel helinho-detroit heliocastroneves5_get

Como sempre, a Fórmula Indy vai levar a luta pelo campeonato até as etapas finais, ninguém consegue abrir tanta vantagem para ter sossego, inclusive porque nesse fim de semana eles já vão se pegar de novo no oval do Texas. Onde também o bicho vai pegar é no Canadá com a Fórmula 1. Em Montreal as Mercedes e seus pilotos devem repetir a constante no campeonato, mas como a pista é traiçoeira, os outros devem estar batendo o maior bumbo para Rosberg e Hamilton darem uma lambidinha básica no muro. Vamos para mais uma maratona de velocidade no fim de semana!

 

A gente se encontra na semana que vêm!

 

Beijos & queijos

 

e-mail: coluna.site@gmail.com

Follow me on twitter: @borrachatv

www.borrachatv.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *