Brasileiro Felipe Nasr sonha com Le Mans; mas esta feliz com o IMSA.

O brasileiro, ex-piloto da Sauber na F1 mostrou grande satisfação pela escolha que fez, ao ingressar no IMSA.  A fazer a primeira temporada completa no campeonato americano, depois de já ter competido pela Action Express em Daytona anteriormente em 2013.

 

“É uma hora excelente para me juntar ao IMSA. É o campeonato de Sportscars mais forte do momento, muito competitivo e com grandes pilotos, especialmente em Daytona, onde tivemos pilotos de todas as partes.”

 

O piloto obviamente sentiu as diferenças entre o protótipo DPi e o F1 que pilotou durante duas temporadas:

 

“É uma grande diferença mas os carros são muito bons de guiar. Na primeira vez que testei, fiquei muito surpreendido com o poder de frenagem, apoio aerodinâmico e velocidade destas máquinas. “

 

A notícia de que ficaria sem lugar para 2017 surgiu muito tarde (dezembro) o que complicou a vida ao piloto para encontrar um campeonato. Assim, resolveu esperar pela oportunidade certa e em julho acertou com a equipe americana para se juntar ao IMSA em 2018. Quanto à Le Mans, Nasr obviamente pensa nisso mas para já está 100% focado neste novo desafio:

 

“Sempre sonhei com Le Mans e outras corridas do WEC. Mantive também a Indy debaixo dos meus olhos. Na vida temos de manter uma mentalidade aberta. Neste momento estou super feliz no IMSA e quero aproveitar ao máximo esta oportunidade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *