Academia Shell Racing coloca Gaetano di Mauro na Porsche Cup em 2018.

Novo projeto de lapidação de jovens talentos da categoria, com a possibilidade de uma carreira internacional como piloto de fábrica, faz o vice-campeão da Stock Light migrar para os carros de corrida mais produzidos no planeta.

Vice-campeão do Brasileiro de Turismo em 2017, Gaetano di Mauro segue defendendo as cores da Academia Shell Racing em 2018. Mas ele agora vai pilotar os carros de corrida mais produzidos no planeta.

Di Mauro, 20, é o mais novo integrante do grid da Porsche Cup em 2018. Ele vai assumir o carro #11 na Carrera Cup 3.8.

A migração do talentoso piloto paulista para a principal categoria de Gran Turismo latino-americana se deve ao novo projeto de desenvolvimento de talentos da Porsche Cup. A partir de 2018, competidores regulares da categoria sul-americana em sua faixa etária podem ser habilitados para a fase global do “Porsche Motorsport Junior Programme”. A plataforma de formação de talentos da marca alemã existe desde 1997 e já revelou nomes como os vencedores das 24 Horas de Le Mans Timo Bernhard e Earl Bamber. A seletiva brasileira, batizada de “Carrera Cup Junior Program”, foi lançada neste ano e vai premiar outros três jovens pilotos com subsídios para disputar a temporada da Carrera Cup 3.8 –numa mostra de que o representante da Shell Racing terá concorrência acirrada nas pistas.

Em sua nova rota de carreira, Di Mauro almeja um dia ser piloto oficial de fábrica da Porsche, competindo os principais eventos internacionais onde a marca está presente.

A temporada de sprint da Porsche Carrera Cup 3.8 tem início em Curitiba nos dias 23 e 24 de março. O calendário passa por Interlagos, Goiânia, Termas de Río Hondo (Argentina) e Velo Città, antes de retornar à capital paulista para a rodada dupla de encerramento da temporada na preliminar do GP Brasil de F1, em novembro.

As jornadas de sprint da Porsche Cup têm duas corridas de 25 minutos mais uma volta. A primeira bateria tem o grid definido pelo treino qualificatório, enquanto a segunda tem inversão de grid (o número de posições a serem invertidas é sorteado pelo vencedor da corrida 1, no pódio).

Os carros usados na categoria que Di Mauro vai correr são modelo 911 GT3 Cup, da geração “991-I”. Eles têm motor de 460 HP e câmbio com sistema de paddle shift (“borboleta” atrás do volante), tendo estreado no Brasil em 2014.

Diferentemente de outras categorias de turismo em que o piloto competiu no Brasil, na Porsche Cup, todos os carros são preparados por uma equipe única, a Dener Motorsport. Ao mesmo tempo em que isso assegura igualdade de equipamento, há restrições na gama de setups liberados para os competidores –basicamente, os pilotos e seus engenheiros são autorizados a regular o ângulo da asa, rigidez das barras estabilizadoras e balanço de freio apenas, com os demais ajustes do carro padronizados para todo o grid (incluindo a pressão dos pneus Michelin).

Vice-campeão do Brasileiro de Turismo em 2017 e vice-campeão da Sprint Race em 2013, o representante da Academia Shell Racing é tetracampeão brasileiro de kart, com os títulos dos dois últimos ano na classe Shifter. Além de outros troféus obtidos no kartismo internacional, Gaetano também acelerou de carro na Europa, vencendo corrida e cravando pole-position pela F4 Britânica em 2014.

Produto premium da marca, a gasolina Shell V-Power Racing é o combustível oficial da Porsche Cup desde abril de 2016. A marca está presente também no carro do campeão de 2016, Lico Kaesemodel, e tem Dennis Dirani como piloto de testes e ações promocionais na categoria.

O que eles disseram:

“Estou muito motivado em disputar a Porsche Carrera Cup. No ano passado estive nas provas de endurance da categoria para acompanhar o trabalho dos estrategistas e pilotos da Shell Racing. Tive a oportunidade de acelerar o carro para algumas voltas promocionais levando convidados e fiquei encantado. O campeonato está mais profissional a cada ano que passa e realmente é uma alternativa viável para quem pretende viver de acelerar carro de competição no Brasil. Em 2017 chegamos muito perto do título com a Shell Racing e vamos trabalhar duro para tentar ser melhor ainda em 2018. É um projeto novo para mim, muito promissor, e agradeço à Shell por confiar em meu nome para levar sua marca por mais um ano”

Gaetano di Mauro

“Nossa meta de carreira para o Gaetano neste ano era outra. Mas quando tomamos conhecimento da abrangência da nova plataforma de desenvolvimento de talentos da Porsche em 2018, não titubeamos em trazê-lo para a categoria. Os conceitos e valores do Junior Programme estão em plena sintonia com aquilo em que acreditamos na Academia Shell Racing e estamos muito motivados em franquear ao Gaetano um caminho que pode fazer dele um piloto de fábrica da Porsche no futuro”

Vicente Sfeir, gerente de motorsport e patrocínio da Raízen

 

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *